Lenda de Santa EufémiaBack
6-8-2013

Lenda de Santa Eufémia (Ermida de Santa Eufémia de Sintra)




 "Diz-se que há muitos, muitos anos, na época em que os Bárbaros dominavam o Reino de Portugal, habitava em Sintra uma princesa muito boa e generosa, de nome Eufémia, estando esta apaixonada por um rapaz humilde. O seu pai, que era um rei austero e conservador, sempre foi contra o amor dos dois, e, por imposição deste, os dois apaixonados acabaram por deixar de se encontrar. 

Entretanto, o rapaz foi atingido por uma doença infecto-contagiosa na pele, que lhe abrangeu todo o corpo. A mãe do rapaz contou o sucedido à boa princesa que ficou desolada. Deste modo, Eufémia levou o seu amado ao alto da Serra de Sintra (onde hoje em dia se situa a capela de Santa Eufémia), ao lugar onde os dois se costumavam encontrar e lavou-lhe todo o corpo com a água da fonte que ali existia.

Aos poucos e poucos, as melhoras eram já visíveis, e em pouco tempo o rapaz ficou curado. Como prova do sucedido, a princesa Eufémia marcou o seu pé numa rocha; ainda hoje é visível a marca do seu pé e esse local foi transformado num oratório. O que sucedeu aos dois apaixonados ninguém sabe, o que se sabe é que a princesa ficou a ser adorada como Santa, a sua pequena imagem lá está na Capela de Santa Eufémia (Ermida de Santa Eufémia) e a água com que curou o rapaz seu amado é ainda por todos considerada como milagrosa."

© O Caminheiro de Sintra


Photo © LMarinho
 
 
Home Page About Galleries NEWS Contacts